quinta-feira, 24 de março de 2011

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

ACTIBIA!



Não sei se é uma chamada verdadeira... e se é não devia ter saído da alçada da Danone. Mas pode ter sido o próprio a pôr "isto" na net... sei lá.

Em todo o caso é interessante ouvir... "raiz parta o ACTÍBIA!!!"

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

PR 2016



Por mais 5 anos teremos o Sr. Professor Aníbal Cavaco Silva, como presidente da Republica.

Assim e agora que começa este novo ciclo está na altura de pensar já no próximo!

Antes que abutres e ratos se apoderem da iniciativa, cabe nos a nós propor deste já e pressionar quem entendamos possa melhor servir o país… de preferência alguém fora do sistema, alguém que trabalhe, que seja um competente profissional fora da politica e que tenha uma idea e a respectiva determinação para a pôr em marcha.

Eu proponho que se comecem a seleccionar nomes de “vítimas” (isto assim não será muito animador… para os candidatos) a quem nos possamos dirigir e apelar para a sua contribuição para com o nosso país e a sua população.

Eu proponho desde já alguns candidatos:

Sobrinho Simões
António Barreto
Manuel Damásio

Alguém mais aponta candidatos e alinha nesta procura?

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Chá com porradas: da abstenção higiénica

Chá com porradas: da abstenção higiénica:

"Domingo há eleições presidenciais.
Eu não vou votar. 
Não sou obrigado.
Sinto-me defraudado pela democracia.
José Manuel Coelho e Defensor Moura ousaram usurpar o lugar de Manuel João Vieira e eu só a Manuel João Vieira reconheço autoridade para usurpar o lugar de Manuel João Vieira.
Francisco Lopes sustenta a sua argumentação na única doutrina política que demonstrou na prática ser desprovida da capacidade real de poder ser posta em prática. Um exercício inútil, pois.
Fernando Nobre devia ter juízo. É prestar um serviço à Humanidade não o deixar persistir no erro. Que volte a fazer o que sabe fazer tão bem e se deixe de alucinações.
Manuel Alegre acompanha mal. Aceitar ser apoiado pelo Governo nesta altura do campeonato é desprestigiante para qualquer pessoa.
Cavaco Silva reencarnou novamente na Santinha da Ladeira e eu, francamente, não tenho pachorra.
Viva o livre-arbitrio."


Viva!!

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Sempre a falar para o boneco…



A distância entre a população e os políticos e decisores deste mundo é cada vez maior. Não fosse este já um problema importante e acresce a isto o pequeno detalhe de os mesmos políticos não se aperceberem de tal distância…

Cheios das suas responsabilidades e do peso das suas importantes decisões, colocam-se (ou deixam que os coloquem…) em posições inacessíveis, incompreensíveis e inatingíveis.

Cheios de Si lamentam se da falta de visão dos seus eleitores e os problemas que estes eleitores lhes causam, no fundo os eleitores só atrapalham.

Eu concordo. Os eleitores são atados!

Se não fossem já tinham despachado muitos destes incompetentes, e simplesmente mandado uns quantos à bardamerda!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Electricity wires are down, rainbow colours fade into brown


I want to be a lilikoi-boy-lilikoi
You grind your claws, you howl, you growl unafraid of all colour
You run, you're free, you climb and dress trees - You reignite
You growl, you howl, you show your teeth
You bite, it's alright

Go, say no more, use your eyes, the world goes and flutters by
Use your eyes, you'll know you are
Use your eyes, the world goes and flutters by
Use your eyes, you'll know you are

Why me, my boy, you burn so bright, do you illuminate?
One day you're out, you give up the fight, you slow down heart-rate

We all grow old, use your life, the world goes and flutters by
Use your life, you'll know you are
Use your life, the world goes and flutters by
Use your life, you'll know you are

Electricity wires are down, rainbow colours fade into brown
I dreamt you were smiling, shifting for good
Courageous boy, now you are gone

And run past the years, no place to go
Your spirit is grand, so life goes on
You are....... (light)
You are....... (light)

I want to be a lilikoi-boy, you...
You grind your claws, you howl, you growl, unafraid of all colour

Electricity wires are down, rainbow colours fade into brown
I dreamt you were smiling, shifting for good
Courageous boy, now you are gone
You run past the years, no place to go
Your spirit is grand, so life goes on
You are....... (light)
You are....... (light)

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Navegando


Está no ar… sente-se presente a falta de confiança, o medo e no entanto ao leme do barco continuam a gritar que o barco navega bem e sem problemas.


O casco rachado e a meter água não parece preocupar o Capitão e os seus imediatos, enquanto os marinheiros e os passageiros agitam-se nervosos, mas sem ter para onde fugir.

Os ratos já abandonaram este barco faz tempo e gordinhos vêm de longe o barco com a linha de água a chegar ao convés.

Os passageiros tentam os barcos salva vidas mas estes estão todos já na água com alguns dos imediatos (são muitos imediatos… mesmo muitos) e alguns passageiros da família dos primeiros. Estes gritam tal como o Capitão que o barco está bem e que navega sem mácula debaixo de um Sol radioso. Mas os marinheiros e os passageiros no barco só sentem a chuva e a tormenta… e a água cada vez mais próxima do convés.

Alguns interrogam-se se o Capitão estará bem, outros se o Capitão saberá pilotar o barco… e todos rezam!

(photo by Annie Leibovitz for Vogue - http://kottke.org/09/11/god-i-love-cate-blanchett)

terça-feira, 12 de outubro de 2010

GRRRRRRRRRRRRRR!!!!!!!!!!!!


De que adianta a globalização se ela simplesmente for utilizada para vender "sapatilhas"... de serve termos pena e sentirmos o angustia se depois vamos jantar e dormir confortavelmente nas nossas casas... de que serviu a luta "dos Ghandis" desta vida se depois não conseguimos pôr nenhum dos seus ensinamentos em prática... 

Ainda há muitas lutas por fazer! Muitas guerras a perder e... muitos sonhos a ultrapassar!

"Happiness is when what you think, what you say, and what you do are in harmony." M.G.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Devagar



Ondas... pensamentos
Flutuações e desejos
Oceanos e o mar

Sinfonia de sons... espiritos
Sem destinos e sem tempos
Quero flutuar e divagar

Levem me nestes momentos
Façam se os pensamentos
Devagar